Há palavras que só têm a carga negativa que lhes queremos dar e “ERRO” é uma delas. Há uns dias fui desafiada a criar um webinário ao qual vais conseguir aceder em breve no qual identifico os principais 3 erros das pessoas que procuram mudar algo na sua vida.
Na verdade, logo que pensei no tema, pensei “Joana, isto não será negativo, falar em erros?”. A questão é que o que realmente preocupa as pessoas não é lindo, maravilhoso, luminoso. Nós lidamos com luz mas também com sombra dentro de nós, por vezes nem nos reconhecemos nos nossos momentos mais negativos e eu queria passar a mensagem de que é normal sentirmos tudo isso.
O que não é tão “normal” é contentarmo-nos com o acumular desses momentos e não fazermos nenhuma aprendizagem com eles
Vou partilhar contigo 3 reflexões, para que entendas o PODER e a importância que podem ter os erros na tua vida.

1.ª REFLEXÃO:

Tenta lembrar-te do que consideras ter sido o maior erro da tua vida, ou aquela situação na qual sentes que gostava de ter sido capaz de dar mais de ti e não conseguiste.
Não vibres no arrependimento, nem na racionalidade, não é disso que estou a falar. Estou a falar de dares as boas vindas a esse momento, à pessoa que eras naquela altura, e ao grau de consciência que tinhas.
Só te peço que imagines, caso te fosse apresentada essa situação novamente, o que procurarias fazer de diferente? Que coisas entretanto compreendeste sobre ti e que te foram úteis depois dessa situação?
Agora coloca a mão no centro do teu peito e aceita-te como eras naquele momento, agradece à vida e usa este mantra:
“Eu aprendo com esta situação da minha vida, agradeço estes acontecimentos e sinto que integrei os seus porquês e o porquê da minha postura naquele momento. Eu perdoo-me e perdoo todos os intervenientes.”

baby, children, cute

2.ª REFLEXÃO

E neste momento, que erros sentes estar a cometer contigo e com os outros? Se sentes que são vários, bem vindo ao mundo dos humanos. É mesmo assim. Mas será que são os mesmos erros há muito tempo? Se assim é, pensa se não estarás a arrastar uma fase por tempo demais, há tempo demais…e como poderás corrigi-los? Estamos sempre a tempo de deixar uma melhor impressão digital no mundo.
Ou será que estás a resolver questões tuas e a descobrir novas vertentes da tua personalidade, que te estão a fazer avançar, hesitante, mas avançando? Se assim é, dá também as boas vindas aos teus erros, porque fazem parte do teu percurso, da tua evolução, do viver o presente.
Agora coloca novamente a mão no centro do teu peito e aceita-te como és neste momento presente e usa este mantra:
“Eu renovo a minha vida ciclicamente e aprendo com os erros do passado, tornando-os forças. Eu tenho a coragem de reconhecer o que faço de bom e apercebo-me dos erros do meu percurso aqui e agora, admitindo o que é preciso admitir, e levando o perdão às situações nas quais estou envolvido.”

3.ª REFLEXÃO

E as pessoas que tu sentes que erraram contigo? Tenho uma novidade para ti: os erros de quem errou contigo são erros dessas pessoas, não teus, e se calhar podes estar a carregar esse peso, que não é teu. Desiste desse peso. Não penses que os erros são leves para os outros, por mais que pareça.
Por isso tenta responder a esta questão: se olhasses para essas pessoas como teus professores, o que sentes que te poderiam estar a ensinar sobre ti com as suas atitudes? O que podes aprender com o que aconteceu entre ti e elas? A vida é para ser vivida de forma leve, por isso usa estas perguntas para te ires libertando das mágoas que podes ainda guardar e que não servem para nada.
Agora coloca novamente a mão no centro do teu peito e aceita-te como eras nessas situações, aceita os outros e usa este mantra:

“Eu perdoo quem me magoou no passado, porque desejo viver livre, e isto só depende de mim. Eu aprendo com o que é negativo e transformo as mágoas do passado em perdão e amor. Estou mais atenta ao que preciso e às pessoas que me fazem realmente bem.” abandoned, argument, beautiful Os mantras podem mesmo ajudar-te a mudar a tua mente para melhor, a processares o passado de forma nova e a criares uma realidade melhor a cada dia que passa. Os mantras precisam de ti, do teu amor, do teu coração, da tua persistência, da tua emoção, para poderem trabalhar na tua mente. Usa este artigo para o teu bem e parabéns pelos teus erros! Também foram eles que te trouxeram até aqui e fizeram de ti a pessoa que és, cheia de vontade de auto-conhecimento e amor. “Faça um grande favor a si mesmo e erre, mas erre muito. Só erra quem faz, quem age, quem ousa vencer seus medos, quem acredita nas próprias verdades, sendo capaz de assumir seus atos e não se acovardando diante do inesperado.” (Marcel Camargo) Grata Joana

Consultas: https://www.joanaamoedoleite.com/

Facebook: https://www.facebook.com/ajoanaamoedoleite/